E se a vida fosse um musical?

Eu acordei cedo hoje bastante animado, e fui até a cozinha preparar meu café da manhã, então eu comecei a cantar e dançar, ao ritmo da música de fundo que vinha de lugar nenhum, no meio da cozinha enquanto meus vizinhos cantavam comigo pela janela. Era só mais uma manhã normal pra mim.

Era incrível o fato de que todos ao meu redor e até eu cantamos perfeitamente bem, embora não sejamos cantores.

Caminhei calmamente para o meu trabalho, cantando e dançando sob o ritmo de uma nova música enquanto todos as outras pessoas randomizadas da cidade faziam coreografias perfeitamente ensaiadas enquanto faziam seus backing vocals.

Sentando na minha cadeira do escritório, o cara fofoqueiro do meu lado começou a falar em como a nossa chefe estava feliz com meu trabalho da semana passada e que queria me ver agora.

Eu nunca fui de falar com esse cara, mas a minha emoção me fez levantar da cadeira e começar a cantar e dançar uma música sobre promoção enquanto os outros funcionários faziam suas coreografias.

Entrei todo contente na sala de minha chefe, mas ao entrar lá eu ouvi o som de um órgão tocando uma música triste e assustadora, acho que ele estava usando acordes menores e trítonos.

Minha chefe roubou os holofotes e disse como estava insatisfeita com meu trabalho, saindo mais cedo todos os dias para ver a minha namorada.

Eu tentei falar algo, mas ela simplesmente roubava a cena e esta canção acabou terminando com minha demissão.

Como de costume, fui ver minha namorada depois do trabalho. Avistei-a ao longe cantando sob o som de delicados instrumentos de corda e sopro. Eu me aproximei e nós fizemos um dueto, cantando e falando em como nos amávamos.

Ao fim da música, quando ela me perguntou sobre o emprego eu lhe disse que eu havia sido demitido.

Ela ficou furiosa e enquanto uma orquestra com tubas e clarinetes tocava uma música furiosa ao fundo, ela cantava cheia de raiva como foi difícil pra mim conseguir esse trabalho.

Ela me deu um pé na bunda e o pai dela me perseguiu até as proximidades de meu apartamento.

Cansado, suado e abatido, joguei-me na cama e logo ouvi um violino começando a tocar uma música triste…

– Porra! – Gritei para o nada – Será que minha vida não pode deixar de ser um musical nem por um instante??

Anúncios

One thought on “E se a vida fosse um musical?

Se você chegou até aqui, ao menos comente u.u

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s